França além de Paris. Conheça um pouco mais sobre Lourdes, Lyon e Riviera de Côte d’azur.

/, Roteiros/França além de Paris. Conheça um pouco mais sobre Lourdes, Lyon e Riviera de Côte d’azur.

França além de Paris. Conheça um pouco mais sobre Lourdes, Lyon e Riviera de Côte d’azur.

Quando você pensa na França, logo Paris vem a sua mente, né? Ah, a Torre Eiffel, os jardins, a exuberância do Rio Sena! Sem dúvidas que Paris tem os seus encantos, isso é fato. Mas, a França vai muito além da cidade Luz. As paisagens e patrimônio histórico da França são tão ricos que você pode levar uma vida inteira para descobrir todos os segredos deste país. Hoje vamos listar para vocês três lugares diferentes na França que merecem uma visita. Confiram!

Lourdes

A cidade de Lourdes é um dos destinos religiosos mais procurados no mundo e atrai cerca de seis milhões de visitantes por ano. A cidade fica ao sudoeste da França, a 850km de Paris, quase na divisa com a Espanha. O santuário de Lourdes é parada obrigatória para os católicos, assim como Fátima em Portugal, Basílica de Nossa Senhora Aparecida no Brasil, Santuário de Medugorje na Bósnia e Herzegovina, Guadalupe no México e a Basílica de São Pedro, em Roma.

Santuário de Lourdes

Santuário de Lourdes

A história do santuário começou em 11 de fevereiro de 1858, quando a menina Bernadette Soubirous, de 14 anos, alegou ter tido visões da Virgem Maria em uma gruta rochosa. As visões levaram a menina até a uma fonte na Frotte de Massabielle. Desde sua última visão, em 1862, os peregrinos visitam a gruta para encher garrafas com a água milagrosa. O Vaticano reconheceu as visões de Bernadette e a garota foi beatificada em 1933. Assim, os católicos passaram a considerar o local sagrado e construíram o Santuário de Lourdes, formado por duas basílicas e nove capelas, além de ter vários museus que contam a história do lugar.

Castelo de Lourdes

Castelo de Lourdes

Ao chegar na Basilique du Rosaire, a basílica principal do santuário, construída sobre a gruta na qual a Virgem Maria apareceu, você irá se encantar com a beleza e a imponência do lugar. A fé transborda no ambiente e emociona qualquer visitante. Existe ainda uma igreja subterrânea, a Basilique de Saint Pie X, que foi inaugurada em 1958, ano do centenário das visões. Além das basílicas, você precisa conhecer o Castelo de Lourdes. Um dos mais conhecidos na França, construído em 778 e que abrigou a Coroa francesa e serviu ainda de prisão durante o período revolucionário no país. Um marco na história do país.

Lyon

Lyon é a terceira maior cidade da França, atrás de Paris e Marselha e se mostra uma excelente opção para um passeio histórico e perto de Paris (a cidade fica a 2h de trem da capital). Lyon possui um especial patrimônio arquitetural composto de vestígios do Império Romano, com construções que remontam a época em que se tornou uma grande cidade medieval e centro financeiro do renascimento. Não por menos, Lyon tem quatro bairros considerados como patrimônio mundial da Unesco.

Nada melhor do que começar a conhecer Lyon por onde a cidade nasceu: a colina Fourvière. Ao subir a colina, você irá encontrar a linda Basílica Notre Dame de Fourvière, o Anfiteatro e Museu Galo-Romano, o mais importante e mais antigo de todo período Galo-Romano, construído por volta do ano 43 a.C. Muita história em um único lugar. Ao lado da basílica, você encontra um mirante que possui a melhor vista da cidade. De lá, é possível observar os rios Rhône e Saône, que cortam a cidade, o bairro da Presqu’île, os prédios históricos de Vieux Lyon e a parte moderna da cidade, em Part-Dieu.

Basílica Notre Dame de Fourvière

Basílica Notre Dame de Fourvière

Ao descer da colina, você para na Vieux Lyon. A parte histórica da cidade é marcada por ruas apertadas, com prédios centenários e calçamento de pedra. É por lá que você vai encontrar a Catedral Saint-Jean-Baptiste (construída entre os séculos XI e XIV e que possui um dos relógios astronômicos mais antigos da Europa), as famosas Traboules (passagens construídas a partir do século IV para que os moradores tivessem um acesso mais rápido entre as ruas da cidade. Existem mais de 200 passagens, que são sinalizadas por azulejos quadrados nas entradas) e o Teatro e Museu de Guignol (teatro de marionetes bastante tradicional criado em 1810).

Traboules

Entrada de uma Traboules, as passagens ‘secretas’ em Lyon

Outro ponto importante da cidade é o bairro Presqu’île, principal centro de Lyon, onde você vai encontrar, por exemplo, a histórica Place des Terreaux, ou praça do terror, onde milhares de pessoas foram guilhotinadas durante a Revolução Francesa, o Museu de Belas Artes e a Opéra National de Lyon, local que recebe os principais eventos musicais da cidade e exibe uma mistura arquitetônica do século XIX com uma fachada contemporânea em metal e vidro.

Anfiteatro romano em Lyon

Anfiteatro romano em Lyon

Além do diferencial arquitetônico, Lyon é conhecida como o berço da gastronomia mundial. Isso mesmo! Comer em Lyon é uma verdadeira atração turística. Não deixe de ir em algum bouchons, os famosos restaurantes que servem comida típica da região. A culinária é baseada nos embutidos e muídos, como o tradicional Andouillete, que é linguiça de miúdos de porco. Também não é difícil encontrar um bom vinho em Lyon, afinal, as duas principais regiões vinícolas da França estão aqui perto: Beaujolais e Côtes du Rhône.

A Riviera de Côte d’azur

A Riviera de Côte d’azur (Costa Azul), também conhecida como Riviera Francesa, compreende o litoral do sul da França. Banhada pelo belo mar Mediterrâneo, a região se tornou uma das regiões mais sofisticadas, luxuosas e caras do mundo. As belíssimas praias costumam ser o principal fator para atrair os turistas. As três principais cidades da região são Nice, Mônaco e Cannes. Lá, vocês vão encontrar muito glamour, paisagens paradisíacas, arquiteturas de tirar o fôlego e vão compreender o verdadeiro savoir-vivre do francês.

Nice - França

Vista do mar Mediterrâneo em Nice

Pablo Picasso, o gênio cubista, passou seus últimos anos na região, que também foi fonte de inspiração para pintores como Matisse e Marc Chagall, além de lar de figurinhas do quilate de Brigitte Bardot, Charles Chaplin e Jean Cocteau. O glamour ainda vive (e madame Bardot também, escondida nos arredores de Saint-Tropez). Que o digam os iates colossais que repousam a cada porto e as mansões que levam nomes como Elton John e Bono Vox na escritura. Por outro lado, as cidades cresceram e se modernizaram. Nice, por exemplo, é a quinta maior urbe francesa, com 350 mil habitantes, mas o crescimento é ordenado e levando sempre em consideração a proteção a arquitetura antiga e a inserção sadia da arquitetura nova e moderna.

Monaco

Luxo e glamour marcam a cidade de Monaco

Cannes é uma da cidade bastante conhecida, principalmente pelo Palácio dos Festivais, local que acontece todos os anos, em maio, o maior festival de cinema do mundo. Fora isso, a cidade possui um enorme calçadão que faz o charme da cidade aumentar ainda mais, junto ao mar azul convidativo. Já Mônaco, uma cidade-estado, é pequena, com 2km². Porém, tem todo o charme do principado e as suas ruas que fazem parte do mais tradicional circuito da Fórmula 1. Além disso, você deve conhecer o tradicional Cassino de Monte Carlo, símbolo máximo do glamour da região e que foi construído em 1863 pelo mesmo arquiteto da Ópera de Paris.

Cassino de Monte Carlo

Tradicional Cassino de Monte Carlo

Então, percebeu que a França vai muito além de Paris? Nos próximos posts vou apresentar mais lugares fantásticos para você conhecer na França. Não percam!

 

By | 2018-09-14T11:14:47+00:00 setembro 14th, 2018|Dicas de Viagem, Roteiros|0 Comentários

About the Author:

Deixar Um Comentário